Aguarde. Carregando informações.

Ministério da Saúde amplia vacinação contra HPV para meninos de 11 até 15 anos

Com inclusão de mais adolescentes, governo prevê imunização da 3,3 milhões de pessoas em 2017.

O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (20), que vai ampliar a oferta da vacina contra o HPV para os meninos de 11 até 15 anos. A imunização para o público masculino passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro deste ano, e era destinada apenas aos garotos de 12 a 13 anos.
Segundo o Ministério da Saúde, com a inclusão desse público, cerca de 3,3 milhões de adolescentes, a meta para 2017 é vacinar 80% dos 7,1 milhões de meninos de 11 a 15 anos e 4,3 milhões de meninas de 9 a 15 anos.
As secretarias estaduais de saúde do país foram informadas sobre a ampliação da faixa etária e as doses já estão disponíveis nos postos, apontou o ministro da saúde Ricardo Barros (PP-PR) durante coletiva de imprensa nesta terça.
"A inclusão de meninos proporciona a proteção indireta das meninas", disse a coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações, Carla Magda Domingues.
Além dessa mudança, meninas que chegaram aos 15 anos sem receber as duas doses da vacina contra HPV poderão receber a imunização. Pacientes oncológicos e transplantados de 9 a 26 anos também passaram a compor o público-alvo da imunização.
Para alcançar a meta de imunização e incentivar a vacinação de crianças e adolescentes, o Ministério da Saúde fez uma parceria com o Ministério da Educação por meio do Programa Saúde na Escola. A proposta, de acordo com a pasta, é que os estudantes apresentem, durante o processo de matrícula, a caderneta de vacinação e as instituições comuniquem o sistema sobre as doses prioritárias.